APBR (ord) APBRA (pref) Petrobras Brasil

Foro dedicado al Mercado de Valores.
21ale21
Mensajes: 950
Registrado: Dom Sep 10, 2006 11:10 am

Re: APBR (ord) APBRA (pref) Petrobras Brasil

Mensajepor 21ale21 » Vie Ago 13, 2010 10:27 pm

Resultado mejor al esperado........el lunes no baja......

Se entiende....?

Cuando se hayan forrado de papeles los interesados y digan: a darle manija.!!!!!.......ahi se debera estar atento para bajarse cuando corresponda.....

Como con Ts.......cuando toco 90 de los de aca........ una boludez total........

Los arboles no crecen hasta ....bla...bla....bla....bla...

Asi es lel negocio y sino a dejarselas a los hijos si estamos muy seguros.......

Inca
Mensajes: 1635
Registrado: Sab Ene 21, 2006 3:49 pm
Ubicación: quilmes
Contactar:

Re: APBR (ord) APBRA (pref) Petrobras Brasil

Mensajepor Inca » Vie Ago 13, 2010 8:10 pm

RIO - A Petrobras encerrou o segundo trimestre com lucro líquido de R$ 8,295 bilhões, um aumento de 1,7% frente aos R$ 8,160 bilhões apurados no mesmo período do ano passado. A receita líquida cresceu 20,2%, para R$ 53,631 bilhões. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) somou R$ 15,927 bilhões, com queda de 9,5%.

O resultado ficou acima das previsões do mercado, que eram de, no máximo, R$ 7,9 bilhões de lucro no segundo trimestre.

Inca
Mensajes: 1635
Registrado: Sab Ene 21, 2006 3:49 pm
Ubicación: quilmes
Contactar:

Re: APBR (ord) APBRA (pref) Petrobras Brasil

Mensajepor Inca » Vie Ago 13, 2010 8:09 pm

Parada da plataforma P-33 não afetará produção total da Petrobras

Plantão | Publicada em 13/08/2010 às 19h31m




RIO - A parada de produção da plataforma P-33, localizada na Bacia de Campos, no Rio, devido à interdição realizada pela Agência Nacional de Petróleo e Gás (ANP) na última quinta-feira, não vai afetar a produção total da Petrobras, de acordo com o diretor financeiro, Almir Barbassa. A produção da unidade está sendo reduzida aos poucos e vai parar totalmente nos próximos dias.

A unidade tem capacidade total de produção de 60mil barris diários, mas, mesmo antes da fiscalização e interdição pela ANP, produzia apenas 19 mil barris por dia. Perguntado sobre o impacto na produção total da Petrobras, o diretor respondeu que "a companhia tem uma produção total de 2,6 milhões de barris por dia". "Estamos falando de apenas 19 mil barris a menos. Você pode tirar suas conclusões sobre o impacto", respondeu o diretor a uma repórter, durante a coletiva de imprensa de apresentação dos resultados trimestrais da empresa.

Um gerente da área operacional da Petrobras, Hugo Repsold, disse que a plataforma já tinha uma parada de produção para inspeção prevista para setembro. "Agora será feita em agosto, vamos antecipar ao máximo. A ideia é tentar antecipar e realizar tudo o que estava previsto para a parada, já que realizamos essa parada. Se não for possível, faremos outra parada na plataforma", disse Repsold.

A expectativa é de que a plataforma fique sem produzir por cerca de 20 a 25 dias. Caso seja necessário realizar outra parada para efetuar obras que já estavam programadas, segundo o gerente, a unidade ficará mais 20 dias sem funcionar.

(Juliana Ennes e Rafael Rosas | Valor)

Inca
Mensajes: 1635
Registrado: Sab Ene 21, 2006 3:49 pm
Ubicación: quilmes
Contactar:

Re: APBR (ord) APBRA (pref) Petrobras Brasil

Mensajepor Inca » Vie Ago 13, 2010 8:08 pm

Alavancagem maior não ameaça grau de investimento, diz Petrobras

Plantão | Publicada em 13/08/2010 às 19h27m



RIO - O aumento da alavancagem da Petrobras no segundo trimestre não preocupa a diretoria da empresa em relação a riscos de perda do grau de investimento.

Entre 31 de março e 30 de junho, o endividamento total da companhia saltou de R$ 108,2 bilhões para R$ 118,4 bilhões, enquanto a dívida líquida avançou de R$ 81,2 bilhões para R$ 94,2 bilhões. Como resultado, a relação entre a dívida líquida e o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) avançou de 1,35 vez para 1,52 vez.

Apesar do crescimento dos dados relativos ao endividamento, o diretor financeiro e de relações com investidores da Petrobras, Almir Barbassa, lembrou que a relação do endividamento líquido e a capitalização líquida da companhia permaneceu dentro da faixa considerada adequada pelo conselho de administração da empresa, que vai até 35%. Em junho, esse indicador atingiu 34%, acima dos 32% do fim de março e dos 28% de junho do ano passado.

"Não temos nenhuma preocupação quanto a essa questão [de perder o grau de investimento]", disse Barbassa, durante apresentação dos resultados da companhia no segundo trimestre.

O executivo também garantiu que a companhia tem fôlego para atingir a meta de investimento para este ano, de R$ 88,7 bilhões, apesar de nos seis primeiros meses do ano o volume investido pela companhia ter atingido apenas R$ 38,1 bilhões. Em igual período do ano passado o volume aplicado pela estatal foi de R$ 32,5 bilhões.

"O primeiro semestre é historicamente menor que o segundo semestre. E, em fase de crescimento contínuo, um semestre é sempre maior que o anterior. Faremos uma concentração de esforços no segundo semestre para atingir a meta de investimentos", disse Barbassa.

(Rafael Rosas e Juliana Ennes | Valor)

Inca
Mensajes: 1635
Registrado: Sab Ene 21, 2006 3:49 pm
Ubicación: quilmes
Contactar:

Re: APBR (ord) APBRA (pref) Petrobras Brasil

Mensajepor Inca » Vie Ago 13, 2010 8:07 pm

Lucro da Petrobras sobe 1,7% no trimestre, para R$ 8,295 bilhões

Publicada em 13/08/2010 às 18h36m




RIO - A Petrobras encerrou o segundo trimestre com lucro líquido de R$ 8,295 bilhões, um aumento de 1,7% frente aos R$ 8,160 bilhões apurados no mesmo período do ano passado. A receita líquida cresceu 20,2%, para R$ 53,631 bilhões. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) somou R$ 15,927 bilhões, com queda de 9,5%.

O resultado ficou acima das previsões do mercado, que eram de, no máximo, R$ 7,9 bilhões de lucro no segundo trimestre.

A estatal encerrou o primeiro semestre com lucro líquido de R$ 16,021 bilhões, o que representa uma alta de 10,8% frente aos R$ 14,451 bilhões apurados em igual período de 2009. A receita líquida cresceu 19,3%, atingindo R$ 104,043 bilhões, enquanto o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda na sigla em inglês) somou R$ 31,003 bilhões, levemente inferior aos R$ 31,104 bilhões de um ano antes.

O diretor financeiro da companhia, Almir Barbassa, disse a jornalistas que houve um crescimento significativo das vendas de derivados de petróleo e de gás natural no mercado brasileiro, em linha com o crescimento econômico do país, o que colaborou para o aumento do lucro da companhia.

Barbassa também afirmou que a variação cambial menor no período foi positiva para o resultado da companhia.

A Petrobras, no entanto, elevou sua alavancagem para 34% no segundo trimestre, ante 32% no primeiro trimestre e 28% no segundo trimestre de 2009.

Para empresas com grau de investimento, como é o caso da estatal, normalmente se aceita uma alavancagem máxima de 35%. Segundo Barbassa, no entanto, o aumento da alavancagem não ameaça o grau de investimento da companhia .

Ele afirmou ainda que a parada da plataforma P-33, por determinação da Agência Nacional do Petróleo (ANP) não afetará produção total da Petrobras .
Produção sobe 3% no primeiro semestre

A produção total da Petrobras no primeiro semestre subiu 3%, passando de 2,503 milhões de barris de óleo equivalente por dia entre janeiro e junho do ano passado para 2,568 milhões de barris de óleo equivalente (BOE) nos seis primeiros meses deste ano. De acordo com Barbassa, o crescimento da produção no exterior foi impulsionada pela entrada em operação do campo de Akpo e pelo aumento da produção em Agbami, ambos na Nigéria.

No país, a produção passou de 2,272 milhões de BOE nos seis primeiros meses do ano passado para 2,322 milhões de BOE entre janeiro e junho deste ano. Além disso, em abril, a companhia atingiu o recorde de produção mensal de óleo, com média de 2,033 milhões de barris por dia. A produção nacional foi impulsionada pelo aumento de produção nas plataformas P-51, P-53, P-54, P-34, nos testes de longa duração de Tiro e Tupi e nas FPSO de Cidade de Niterói, Frade, Cidade de Vitória e Espírito Santo.

- Entregamos aos acionistas da Petrobras promessas feitas nos últimos tempos. Mais investimento, mais produção, ampliação de descobertas e vendendo mais no Brasil, fruto do crescimento econômico - frisou Barbassa. - O aumento de produção tem sido suficiente para ampliar a produção, mesmo com o declínio natural dos campos.
Links patrocinados

tincho
Mensajes: 18
Registrado: Mié Feb 27, 2008 4:45 pm

Re: APBR (ord) APBRA (pref) Petrobras Brasil

Mensajepor tincho » Vie Ago 13, 2010 12:55 pm

Muchas Gracias por la informacion Sr 21ale21.

21ale21
Mensajes: 950
Registrado: Dom Sep 10, 2006 11:10 am

Re: APBR (ord) APBRA (pref) Petrobras Brasil

Mensajepor 21ale21 » Vie Ago 13, 2010 12:45 pm

La suma a distribuirse, de R$ 1.755 millones, correspondiente a un valor bruto de R$ 0,20
por acción ordinaria y preferida, se está aprovisionando en los estados contables del 30 de
junio de 2010 y el pago se realizará hasta 30 de septiembre 2010, con base en la posición
accionaría del 30 de julio de 2010.

Aventurero
Mensajes: 191
Registrado: Sab Ago 01, 2009 11:35 pm

Re: APBR (ord) APBRA (pref) Petrobras Brasil

Mensajepor Aventurero » Vie Ago 13, 2010 11:35 am

tincho escribió:Alguien cobro los intereses por capitalizacion de las tenencias al 30-07-10 ?


Sabes que me llego solo la primer parte, pero la segunda ni noticias ...

tincho
Mensajes: 18
Registrado: Mié Feb 27, 2008 4:45 pm

Re: APBR (ord) APBRA (pref) Petrobras Brasil

Mensajepor tincho » Vie Ago 13, 2010 11:06 am

Alguien cobro los intereses por capitalizacion de las tenencias al 30-07-10 ?

Luca
Mensajes: 6065
Registrado: Mié Ago 22, 2007 4:13 pm
Ubicación: Buenos Aires

Re: APBR (ord) APBRA (pref) Petrobras Brasil

Mensajepor Luca » Vie Ago 13, 2010 10:06 am

no le den bola a lo que diga ubs.
el mercado se los pasa por los huevos.
te cambian los targets de un papel de un dia para otro, recomiendan comprar (vende su tenencia en maximos) y al dia siguiente bajan a "hold" o "wait &see" y al otro vender (compran ellos).
Perdieron mucha credibilidad,.

21ale21
Mensajes: 950
Registrado: Dom Sep 10, 2006 11:10 am

Re: APBR (ord) APBRA (pref) Petrobras Brasil

Mensajepor 21ale21 » Jue Ago 12, 2010 11:40 pm

Para terminar....si las ampliaciones de capital provocarian perdida de valor de los inversores....estos nunca las aprobarian.....

se entiende.....?

Y no me diga que porque es estatal porque sin el capital privado Brasil se va a la merda...... y Lula o el que venga lo sabe.....y por mas socialistas que sean no comen vidrio........

No confundir con el pais que esta mas arriba ...el del comandante o lo que sea y que cada vez le va peor.....


Como a nos,,,,,

Hasta siempre.....

21ale21
Mensajes: 950
Registrado: Dom Sep 10, 2006 11:10 am

Re: APBR (ord) APBRA (pref) Petrobras Brasil

Mensajepor 21ale21 » Jue Ago 12, 2010 11:31 pm

Roadrunner escribió:http://www.bloomberg.com/news/2010-08-12/brazil-controls-mean-petrobras-can-t-turn-oil-price-surge-into-profit-gain.html


El balancete podra venir peor que el idem del año pasado ----pero ni en pe** por lo que se dice en esta nota....

El ajuste del precio del gasoil del -15 fue en junio del 2009......hasta lo dice la nota.....hace mas de un año---


el gas oil en Brasil es el mas alto de sudamerica y nio que hablar en EEUUu......


Pero al dope .....si siguen leyendo las infos de los "especialistas"...van a seguir haciendo lo que ellos quieren que revienten los papeles en estos valores de liquidacion.......

Me voy a llamar a silencio por un tiempo hasta que la verdad surga como siempre lo hace y despues decimos......" que pelo**** que fui"

Hasta el UBS bajo la recomendacion....este mercado nunca deja de asombrarme y cada vez me doy mas cuenta porque ganan tan pocos.......


Volver a “Foro Bursatil”

¿Quién está conectado?

Usuarios navegando por este Foro: Bing [Bot], Google [Bot], josema1982, Mtorrent y 166 invitados